20/07/2012

MEMÓRIA - GENY PRADO DE SÃO MANUEL PARA OS FILMES DE MAZZAROPI.

Geny Almeida Prado nasceu em São Manuel em 12 de julho de 1919 a atriz começou sua trajetória no radio como atriz de novelas na década e 40, neste período estas novelas tinham aceitação do publico passando por emissoras como a Cruzeiro do Sul, Excelsior, Emissoras Associadas Radio Tupi e Difusora assim, conhece Amâncio Mazzaropi  onde começou uma carreira de sucesso. 

  

Geny Prado atuou como esposa de Jeca nos filmes produzidos por Mazzaropi e também com sua namorada, empregada, sogra, etc. e também em mais de 30 novelas na Rede Tupi construindo uma carreira de sucesso.



 Atuou nos filmes
CHOFER DE PRAÇA, JECA TATU, UM CAIPIRA EM BARILOCHE, JECA CONTRA O CAPETA, O JECA E A FREIRA, O JECA E A EGUA MILAGROSA.  

 A atriz era recatada e concentrada no trabalho, no entanto com a morte de Mazzaropi no início dos anos 80 praticamente cessaram as oportunidades da atriz.
 “Convivi com ele durante todo este tempo. Éramos uma família, devo minha carreira a ele. Nos seus filmes gostava de improvisar, porque ele era engraçado mesmo na espontaneidade, um artista nato” Jornal o Estado de São Paulo  14 de junho 1981


Éramos Seis (TV Tupi, 1977) Novela de Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho, baseada na obra da Sra. Maria José Dupré. Na foto: Nicete Bruno, Carlos Augusto Strazzer, Carlos Alberto Ricelli, Ewerton de Castro, Maria Izabel de Lizandra, Nydia Lícia, Maria Célia Camargo, João José Pompeo, Jussara Freire, Paulo Figueiredo, Geórgia Gomide, Edgar Franco, Carmem Monegal, Adriano Reys, Sylvio Rocha, Flávio Galvão, Amilton Monteiro, Geny Prado, Reny de Oliveira, Carmem Monegal, Francisca Lopes, Douglas Mazzola, Nara Gomes, Leonor Lambertini, Luiz Carlos Braga, Gésio Amadeu e Beth Goulart.


Ídolo de Pano (TV Tupi, 1974), novela de Teixeira Filho. No elenco: Laura Cardoso, Walter Foster, Carmem Silva, Elaine Cristina, Aparecida Baxter, Aida mar, Denise Del Vecchio, Eudoxia Acuña, Geny Prado, Glauce Graieb, Dênis Carvalho, Rildo Gonçalves, Silvio Francisco, Zodja Pereira,  Tony Ramos, 





Mais Forte Que o Ódio (TV Excélsior, 1969), novela de Marcos Rey e Palma Bevilacqua. Na foto aparecem, entre outros, Geny Prado, Sylvio Rocha, Wilson Fragoso, Sebastião Campos, Rodolfo Mayer, Silvana Lopes, Iris Bruzzi, Aparecida Baxter, Arlete Montenegro e João José Pompeo.


 Geny Prado morreu em 17 de abril de 1998.

9 comentários:

  1. pena uma atriz maravilhosa como esta humilde nao ser reconheçida e acabar esqueçida uma pena amo geny prado

    ResponderExcluir
  2. super talentosa. Acompanhei nao so seus trabalhos com o Mazzaropi, como tambem nas novelas em que participou na TV Tupi, tais como: Meu pé de laranja lima, Nossa Filha Gabriela, Idolo de Pano, Direito de Nascer.
    Pena ter caído no esquecimento.

    ResponderExcluir
  3. muito talentosa ;uma atriz insubistituivel

    ResponderExcluir
  4. Um talento insubstituivel.

    ResponderExcluir
  5. espero que ela tenha meios para ter uma terceira idade com tranquilidade pela grande atriz que e com certeza uma pessoa decente como sempre foi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ela já morreu "Sonia Abrão" rsrsrs

      Excluir
  6. espero que ela tenha meios para ter uma terceira idade com tranquilidade pela grande atriz que e com certeza uma pessoa decente como sempre foi

    ResponderExcluir
  7. que pena ela foi esquecida, usam tantam depois descarta como objeto sem utilidade. maravilhosa atriz. assisti todos os seus folmes com o,mazzaroppi

    ResponderExcluir
  8. MEU NOME É ALTAIR FERREIRA FILHO, SOU UM FÃ DESTA GRANDE ATRIZ, PENA QUE A MEMÓRIA DO BRASILEIROS É PEQUENA, ERA BOM VER ELA JUNTO COM O MAZZAROPPI COMECEI A CURTIR ELA DESDE O FILME A CASINHA PEQUENINA.

    ResponderExcluir

MUITO OBRIGADO - SEJA NOSSO SEGUIDOR - EDUARDO AYRES DELAMONICA