17/08/2013

MEMÓRIAS DA MOOCA


Lembro-me com carinho do Bairro da Mooca em São Paulo, bairro que morei na década de 80, época romântica de uma cidade maravilhosa. A Mooca é um bairro fantástico regado pelas suas tradições italianas fundado em 17 de agosto de 1556 hoje comemora seus 457 anos de vida. 


Greve Geral de 1917 acontecendo na frente do Cotonifício na Mooca em São Paulo/SP.Uma das mais importantes mobilizações operárias da história do Brasil. Foto de Cida Vasconcellos






 Rua Taquari em duas épocas.

 Antigo prédio da Alpargatas hoje funciona a Universidade Anhembi Morumbi.

 Foto do tradicional Clube Atlético Juventus.
Rua da Mooca 1957


 Esta foto de Orlando Benacci mostra o antigo Moinho Gamba

 Esta foto histórica é do edifício da Cia Antártica que foi bombardeado na Revolução de 1924

Cotonifício Rodolfo Crespi, na Mooca em São Paulo/SP inaugurado em 1897, numa imagem rara. Fundado por Rodolfo Crespi, que importou alguns teares e adquiriu outros em São Paulo, ficava próximo à estação da Hospedaria dos Imigrantes, e era o primeiro lugar onde os “oriundi” procuravam trabalho. O imenso prédio ficou vazio, abandonado e sofrendo a deterioração do tempo até 2003, quando uma rede de hipermercados alugou o edifício central e outros anexos do Cotonifício Crespi.



Hipodromo da Mooca 1919
Rua da Mooca em 1916.


Igreja São Rafael na Mooca, onde fiz minha primeira comunhão 

2 comentários:

  1. Anônimo6/9/13 21:05

    mooca, linda mooca
    amada mooca...só quem entende que e de lá...
    viva a mooca, o seu sotaque, a sua estória...
    parabéns e obrigada por nos abrigar e aos nossos nonos e nonas...que já se foram mas que guardam em ti as ´nossas estótias...parabénsest

    ResponderExcluir
  2. Anônimo5/4/17 20:52

    Moóca ... onde logo cedo o leiteiro colocava o pão e o leite na porta de entrada da casa de meu pai ... e isto era na rua Tobias Barreto ! Ao entardecer o lixeiro, com sua carroça tracionada por quatro burros, recolhia o nosso lixo ... os cortejos fúnebres passavam à pé em frente de casa, e nós desligávamos o rádio em respeito ... brinquei muito nas arquibancadas, já abandonados, do Hipódromo, ..., tempos maravilhosos que nunca poderei esquecer, afinal, só quem os viveu é que compreende o que é ser da Moóca ...

    ResponderExcluir

MUITO OBRIGADO - SEJA NOSSO SEGUIDOR - EDUARDO AYRES DELAMONICA