13/02/2017

CAVALEIRO SOLITÁRIO

               
            Existe um cavaleiro anônimo, que quase não é visto na cidade, ele é tido como ignorante, um matuto, que quase não tem nada na sua composição vestiaria.

                         Aos domingos ele sai pra tomar uns goles e afogar as magoas e frustrações que não foi ele quem plantou, mais como a vida lhe ensinou ele as colhe, e consegue transformar o gosto amargo da vida  em vinho tinto de sangue.

                     Esse homem de quem  eu falo,  tem tanta  coragem que chega a se igualar aos cavaleiros medievais, que com seus cavalos , armaduras e armas iam aos combates  sem saber se voltariam.

                        Essa coragem o homem  aqui citado tem muita, pois sem armaduras nem arma , ele trava uma batalha todos os  dias pra tirar da terra o sustento da sua família.

                   Quase sempre esse homem tem pequena estatura , é franzino como um camafeu mas de coragem como Davi .

                       Esse homem que trato como cavaleiro medieval é o ilustríssimo trabalhador rural.


                                        

                           WILSON ROBERTO DE ALMEIDA                        

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MUITO OBRIGADO - SEJA NOSSO SEGUIDOR - EDUARDO AYRES DELAMONICA